Os erros do passado

Durante uma viagem, Buda encontrou um yogue apoiado numa perna só.
“Queimo os erros do meu passado”, explicou o homem.
“E quantos erros já queimou?
“Ní£o tenho a menor idéia”.
“E quanto falta queimar? “insistiu Buda.
“Ní£o tenho a menor idéia.”
“Entí£o é hora de acabar com isto. Pare de pedir perdí£o a Deus, e e vá pedir perdí£o a quem voce feriu.”