A ordem natural

por Paulo Coelho

Um homem muito rico pediu a um mestre zen um texto que o fizesse sempre lembrar o quanto era feliz com a sua família.

O mestre zen pegou um pergaminho e, com uma linda caligrafia, escreveu:

– O pai morre. O filho morre. O neto morre.

– Como? – disse, furioso, o homem rico. – Eu lhe pedi alguma coisa que me inspirasse, um ensinamento que fosse sempre contemplado com respeito pelas minhas próximas gerações, e o senhor me dá algo tão depressivo e deprimente como estas palavras?

– O senhor me pediu algo que sempre lhe fizesse lembrar a felicidade de viver junto à sua família. Se o seu filho morrer antes, todos serão devastados pela dor. Se o seu neto morrer, será uma experiência insuportável.

“Entretanto, se sua família for desaparecendo na ordem em que coloquei no papel, isso trata-se do curso natural da vida. Assim, embora todos passem por momentos de dor, as gerações continuarão, e seu legado demorará muito tempo.”

.

Comments

  1. Dear Paulo,

    The circle of life. Nature understands balance.

    Thank you…Love to All, Jane : ) xo

  2. Ola Paulo Coelho,
    tornei-me a pouco aficcionado com a redundância categórica sobre as questões da ancestralidade. Digo prazerosamente, lendo sua biografia (no caso o primeiro já faz muuitos anos), que acho fantástico o tema das metafísica e o mundo das trevas.
    Parabéns pelo blog! Espero que goste de meu blog e a proposição de uma renovada era literária. Tenho poesias no http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=17908. Garanto que faço sua cabeça.
    Abração
    Denis dos Santos

  3. El Orden Natural y por ser natural llegar a ancianos: Padre, hijo y nieto.

  4. alice catarina alvim lopes says:

    É por isso que eu aproveito todo dia o convívio com a minha família,é um imenso prazer fazer as refeições com eles,até as discussão eu gosto,porque eu seitudo pode mudar,espero que seja na ordem natural.
    P.S:Obrigada por você me ajudar a entender vários aspecto do meu caminho.

  5. Rafael says:

    Sabias palavras. E realmente é muito sofrivel qdo essa ordem é desfeita, mas triste mesmo é qdo essa ordem se desfaz por problemas criados dentro dessa propria familia, terminando ela em morte fisica ou espiritual.

  6. Muito bom, temos um caso assim na familia, já escrevi sobre isto em um texto no meu blog, a ordem natural deve ser respeitada e compreendida.

    Abraços.

  7. Fantástico, Paulo! E ainda muito mais que aceitar que as coisas seguem de fato seu curso natural, não se aceita a vida se não se reconhece a morte… Um abraço!

  8. É mais fácil aceitar assim e considerando naturalmente, do que considerar a imortalidade da alma que eliminaria qualquer dor… porque ainda somos assim?

  9. Mestre querido, você tem as palavras certas na hora certa… Que Deus o ilumine sempre e muito.

  10. Silvia Cristina Winter says:

    Belo texto!! Sim, a ‘ordem natural das coisas’… Bem isso, o curso normal de um rio, da vida. Parabéns… Mestre!!

  11. Bárbara says:

    Fantástico! Muito bom!

  12. Ana Laura says:

    Es tan real!!! trato de tenerlo siempre presente y a pesar del dolor, pedir y agradecer por que este orden sea respetado.

    Gracias!!!