“O Aleph”: armadilhas da busca espiritual


De novo um ritual? De novo invocar as forí§as invisí­veis para que se manifestem no mundo visí­vel? O que isso tem a ver com o mundo em que vivemos hoje? Os jovens saem da universidade e ní£o conseguem emprego. Os velhos chegam í  aposentadoria sem ter dinheiro para nada. Os adultos ní£o tíªm tempo de sonhar – passam das 8 horas da manhí£ í s 5 da tarde lutando para sustentar a famí­lia, pagar o colégio dos filhos, enfrentando aquilo que todos nós conhecemos pelo nome resumido de “dura realidade”.
O mundo nunca esteve tí£o dividido como agora:guerras religiosas, genocí­dios, falta de respeito pelo planeta, crises econí´micas, depressí£o, pobreza. Todos querendo resultados imediatos para resolver pelo menos alguns dos problemas do mundo ou de sua vida pessoal. Mas as coisas parecem mais negras í  medida que avaní§amos em direí§í£o ao futuro.
E eu aqui, querendo seguir adiante em uma tradií§í£o espiritual cujas raí­zes se encontram em um passado remoto, longe de todos os desafios do momento presente?

Com os dois parágrafos acima, comeí§o o livro. Sim, tive (e terei, espero) muitos momentos de dúvida, mas que o tempo e a disciplina se encarregam de solucionar. E vocíªs, passam pela mesma coisa/
Por favor, postem as perguntas clicando em COMMENTS acima, e responderei as dez primeiras (no mí­nimo) ou o máximo que puder, na próxima segunda feira, dia 5 de julho.

Se estiverem interessados em um bom resumo, a Folha Online publicou >>> “Peregrinaí§í£o por tres continentes”

Se estiverem interessados em ler o primeiro capí­tulo, aqui esta o link >>> Primeiro Capitulo “O Aleph”

ATUALIZAçíƒO 5 DE JULHO:
TIVE MAIS DE 250 PERGUNTAS, ESPERO QUE COMPREENDAM A IMPOSSIBILIDADE DE RESPONDER TODAS
Em breve discutiremos aqui o tema final: “Vidas passadas”. Avisarei pelo Twitter.

Para ler as perguntas e respostas, por favor clicar em COMMENTS

Muito obrigado