O Bom Combate


Em 1986, fiz pela primeira e única vez a peregrinação conhecida como Caminho de Santiago, experiência que descrevo em meu primeiro livro, “O Diario de um Mago”. Tínhamos acabado de subir uma pequena elevação e meu guia, a quem chamo de Petrus (embora não seja esse o seu nome), me disse:

– O homem nunca pode parar de sonhar; o sonho é o alimento da alma, como a comida é o alimento do corpo. Muitas vezes, em nossa existência, vemos nossos sonhos desfeitos e nossos desejos frustrados, mas é preciso continuar sonhando, senão nossa alma morre. Muito sangue já rolou no campo diante dos seus olhos, e aí foram travadas algumas das batalhas mais cruéis da Reconquista. Quem estava com a razão, ou com a verdade, não tem importância: o importante é saber que ambos os lados estavam combatendo o Bom Combate.

“O Bom Combate é aquele que é travado em nome de nossos sonhos. Quando eles explodem em nós com todo o seu vigor – na juventude – nós temos muita coragem, mas ainda não aprendemos a lutar.

“Depois de muito esforço, terminamos aprendendo a lutar, e então já não temos a mesma coragem para combater. Por causa disto, nos voltamos contra nós e combatemos a nós mesmos, e passamos a ser nosso pior inimigo. Dizemos que nossos sonhos eram infantis, difíceis de realizar, ou fruto de nosso desconhecimento das realidades da vida. Matamos nossos sonhos porque temos medo de combater o Bom Combate.

” O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo. As pessoas mais ocupadas que conheci na minha vida sempre tinham tempo para tudo. As que nada faziam estavam sempre cansadas, não davam conta do pouco trabalho que precisavam realizar, e se queixavam de que o dia era curto demais: na verdade, elas tinham medo de combater o Bom Combate.

“O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são nossas certezas. Porque não queremos aceitar a vida como uma grande aventura a ser vivida, passamos a nos julgar sábios, justos e corretos no pouco que pedimos da existência. Olhamos para além das muralhas do nosso dia-dia, ouvimos o ruído de lanças que se quebram, o cheiro de suor e de pólvora, as grandes quedas e os olhares sedentos de conquista dos guerreiros. Mas nunca percebemos a alegria, a imensa Alegria que está no coração de quem está lutando, porque para estes não importa nem a vitória nem a derrota, importa apenas combater o Bom Combate.

“Finalmente, o terceiro sintoma da morte de nossos sonhos é a Paz. A vida passa a ser uma tarde de Domingo, sem nos pedir grandes coisas, e sem exigir mais do que queremos dar. Achamos então que estamos maduros, deixamos de lado as fantasias da infância, e conseguimos nossa realização pessoal e profissional. Mas na verdade, no íntimo de nosso coração, sabemos que o que aconteceu foi que renunciamos à luta por nossos sonhos, a combater o Bom Combate.

” Quando renunciamos aos nossos sonhos e encontramos a paz, temos um pequeno período de tranqüilidade. Mas os sonhos mortos começam a apodrecer dentro de nós, e infestar todo o ambiente em que vivemos.

“Começamos a nos tornar cruéis com aqueles que nos cercam, e finalmente passamos a dirigir esta crueldade contra nós mesmos. Surgem as doenças e as psicoses. O que queríamos evitar no combate – a decepção e a derrota – passa a ser o único legado de nossa covardia. E um belo dia, os sonhos mortos e apodrecidos tornam o ar difícil de respirar e passamos a desejar a morte, que nos livra de nossas certezas, de nossas ocupações, e daquela terrível paz das tardes de domingo.”

do livro “O Diario de um Mago”
.

Comments

  1. soniamuñoz says:

    Sr Paulo Coelho, quiero pedir mil disculpas a usted por mi gravisimo error al olvidar el verdadero nombre de su fantastica novela Brida, ni siquiera fue un error ortografico fue un olvido, espero que usted no este tan molesto conmigo, le quedo muy agradecia si acepta mis disculpas.

  2. Tutti Rivero says:

    Suplica a San Jose
    Jose dulcisimo y padre amantisimo de mi corazon, a ti te elijo como mi protector en vida y en muerte y consagro a tu culto este dia,en recompensa y satisfaccion de los muchos que vanamente he dado al mundo y a sus vanisimas vanidades.Yo te suplico con todo mi corazon ue por tus siete dolores y goces me alcances de tu adoptivo hijo Jesus y de tu verdadera esposa,Maria Santisima,la gracia de emplearlos a mucha honra y gloria suya,y en bien y provecho de mi alma.Alcanzame vivas luces para conocer la gravedad de mis culpas,lagrimas de contricion para llorarlas y detestarlas,propositos firmes para no cometerlas mas,fortaleza para resistir a las tentaciones,perseverancia para seguir el camino de la virtud,particularmente lo que te pido en esta oracio y una cristiana disposicion para morir bien.Esto es,santo mio,lo que te suplico y esto es lo que mediante tu poderosa intercesion,espero alcanzar de mi Dios y Senor, a uien deseo mar y servir,como tu lo amaste y serviste siempre,por siempre y por una eternidad.Amen.

  3. Tutti Rivero says:

    PRESENTE DE SAO JOSE
    Abri a Biblia ao acaso para te mandar um presente no dia de Sao Jose.
    Saiu Joao,15 . A verdadeira videira ¨ Eu sou a verdadeira videira e meu Pai e o agricultor…
    Nao fostes vos que me escolhestes,mas fui eu que vos escolhi e vos designei
    para irdes e produzirdes fruto e para que vosso fruto permaneça,
    a fim de que tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome ele vos de.
    Isto vos mando amai.vos uns aos outros.¨
    VIVA SAO JOSE!

  4. Lêda says:

    Quando lí pela primeira vez este livro, pensei: começo a viver hoje.
    Sempre levo comigo suas palavras e me ajudam em qualquer situaçao.
    Obrigada e lhe adoro.

  5. lucia maciel says:

    UMA GRAND,E FORTE, SABIAS,ESPERANZADORA…………………….SENHOR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Marcelo Eduardo da Silva says:

    Creio que para mim o mais importante que aprendi lendo seus livros foi a escutar meu coração quando ele tenta me mostrar as lições que devo aprender.

  7. THALYTA MARIA says:

    Nada na nossa vida é por acaso uma maneira simples que nos foi dada de graça é a PALAVRA DE DEUS LER A BIBLIA TUDO O QUE SE PRECISA PARA ALIVIAR AQUELA DOR ESTÁ LÁ….

    BEIJOS A TODOS E PARA AQUELES QUE NÃO OS CONHEÇO.

  8. sonia muñoz says:

    Sr coelho, gracias por acompañarnos cada dia con sus libros y palabras alentadoras, lo que para unos puede ser una utopia, para otros es ir en busca de nuestros sueños por la vida, llenos de pasion y las ilusiones sin dejar desfallecer por las pruebas que te pone la vida, lo mas lindo es no permitir que nuestra alma de niño se pierda, para entrar en el alma de un adulto aburrido y sin sueños, que se sienta en domingo y ver que sus sueños quedaron atras sin nadie que luchara por ellos, me encantaria que frida tuviera una segunda parte con un final feliz junto al amestro!!!! gracias.

  9. marta says:

    Sus palabras llaman a mi puerta mientras pienso que he tenido miedo a soñar, reprochándome el haber vivido sueños ajenos, descafeinados.
    Y ahora, ¿cómo empiezo a escribir esta página en blanco?

  10. Cátia Critina says:

    Existe uma luz no fim do tunel que não permito apagar, Paulo não consigo combater o Cão, olhar nos olhos dele como voce o fez até sentir o amor que Devora preciso fazer com que a legião desta. Ágape consigo identificar mas esta dificil de intensificar. Trite assim. Seguindo em frente, se cansada de tudo.

  11. Danila Tavares says:

    Estou combatendo meu bom combate; é difícil, dá vontade de desistir mas vou perseverando. Tenho a paciência como virtude. Teus livros sempre me ajudaram bastante.Obrigada!

  12. Amit Bhedase says:

    Sir Paulo, your articles in spanish forcing me to learn Spanish. Till then Please kindly translate it in English as well sir. I’m eager to read your words. Lots of Love.

  13. karina says:

    Historia incrível, aprendí muito e adorei o livro. Um dos meus sonhos é percorrer uma das três rotas consideradas sagradas. Uma grande experiência de vida que exigirá , antes de tudo, combater o bom combate…

  14. Milena says:

    Nooossa! Eu tinha 17 anos quando li essa passagem pela primeira vez. Agora, quase 20 anos depois, me parece que tenho seguido seus conselhos…. Certo que às vezes, a vida nos parece “pesada”, com poucas possibilidades. Mas quando queremos mudar o rumo de nossas vidas – que foi o que eu fiz – tudo é mais difícil, mesmo. Esse é o combate. Temos vontade de desistir, ir pela via do mais fácil, porém, a terrível paz de Domingo me tiraria o sono. Puxa vida Paulo Coelho, mais uma vez seu post foi direcionado a mim!!!! Muito Obrigada!

  15. Rosangela says:

    Paulo, tu sabe que parei agora pra pensar, vc acaba de descrever os meus domingos… obrigada.

  16. José Luiz Silva Nunes says:

    Caro Paulo:
    Acabei de assistir ao vídeo que mostra como o dia 30 de novembro de 2011 foi marcante em sua vida. Precisamente nessa data comemoramos aqui em casa os dez anos de nascimento de minha filha mais velha. Agora tenho mais uma razão para celebrar. Brindo a permanência de um amigo que nunca conheci, exceto pela excelência de sua escrita e idéias. Você nunca respondeu a qualquer mensagem minha ao longo desses anos, mas considero o que descreves no vídeo como uma resposta direta a essa minha fidelidade de amigo constante, como a do carteiro de Pablo Neruda. Cada vez que compro um livro seu, ou vejo a repercussão do seu modo único de estar na vida, vejo que em meu lar tento garantir ao menos um reflexo dessa postura de existir com a mente repleta de sonhos e atitudes… Parabéns portanto, caro amigo! Escuta daqui o aplauso por continuares entre nós!!!

  17. Isabel says:

    Foi bom relembrar, as sábias palavras! Li o livro “Diário do Mago”, três vezes em alturas complicadas da minha vida foi uma ajuda preciosa!

  18. eleonora says:

    Voglio poter non smettere mai di sognare..non perché immatura..perché è meraviglioso farlo.Voglio osteggiare la realtà negativa con l’inseguimento dei sogni positivi non perché non sia realista. ma per una volontà di credere che un mondo differente ,migliore si possa ottenere ..perché la realizzazione di questa grande utopia non è resa possibile solo dall’uomo.A tutti i sognatori buona giornata!

  19. siofa says:

    Is this book still generally available . . . think I’ve read all your books except this one !

    1. siofa says:

      And Happy St. Patrick’s Day from Dublin Ireland . . . hope your wearing some green today and reading about the Shamrock. Go n-eirí an bothár leat !

  20. maria arminda says:

    Nunca me canso de ler este e todos seus livros pois cada vez encontro uma nova aprendisagem ou ao menos lembra-me daquilo que é importante. Agradeço e adoro voçê com todo meu coração e desejo-lhe toda felicidade no mundo e mais alêm. Um grande abraço e mil beijinhos :)

    ??Há noticias sobre o filme do Alquímista??

  21. María Edith says:

    GRACIAS QUERIDO PAULO POR COMPARTIR TU CORAZÓN, TU ALMA Y TUS SUEÑOS CONMIGO. AGRADEZCO INFINITAMENTE A LA VIDA EL INSTANTE EN QUE DECIDÍ ENTRAR EN TU MUNDO DE SUEÑOS E ILUSIONES. ES POR ELLO QUE A PESAR DE LAS CONTRADICCIONES Y EL TIEMPO, DECIDO SEGUIR SOÑANDO.
    AFECTUOSAMENTE MARIA EDITH

  22. Mariana Lanz says:

    Dearest Paulo Coelho;

    seus livros sao minha insparacion em minha vida. seus livros da mhe as explicaciones que eu preciso para entender a vida. Obrigadisima.

    Desculpe mhe me portugues… estou esquelecando-lhe!

  23. sandra isabel aguilera lópez says:

    Los sueños son parte de la vida,sin ellos no podemos alcanzar nuestras metas y nos mantienen vivos.

    Paulo Un tema muy inspirador.

    1. patricia ku says:

      garacias paulo; en relida los sueños son importantes ya que de ello depende
      el sguir alcansando.

  24. jacqueline says:

    Sí , hay que ser valientes y mantener la fuerza de voluntad ,que es la misma fe. como un verdadero guerrero de luz:)

  25. Nancy says:

    Te he leído muchas veces, Alehp lo encarge antes de que llegara a Chile y fue coronar mi tren la vida. He vuelto a leer desde tus primeros libros y en cada uno de ellos puedo meditar, pensar, aprender en mi propia lucha de la vida, a caminar con mis riquezas y pobresas, comparto tanto de tus lineas y agradezco que exista alguien que las pueda hacer tan favoritas y publicas. Representan un poco de lo vivido en mi. Ojala pronto tengamos en nuestra smanos otra de tus grande obras. Gracias y no dejes de hacernos llegar tus meditaciones de este nuestro tren infinito de nuestras vidas. Vencer nuestros miedos, caminar por auqellos lugares junto a tus ojos es un regalo. Tengo una lectura calmada y muy reposada, lo que me lleva a meditar y poner mi vida en una existencia de riquezas y fortalezas. Gracias

  26. Amo os seus escritos…’E bem verdade, quando paramos de sonhar morremos!!!
    ‘E um desafio diario!!! Continue nos inspirando!!!!

  27. teresa estrada rivera says:

    tengo que agradecerte por ser parte de mi vida tú haz sido mi cómplice en mi leyenda personal siempre que tengo duda o indesicion me llega a mis manos un libro tuyo,y encuentro eso que estaba buscando tú me hiciste ir a las vegas ee.uu. A vivir mi leyenda y fue igual que el alquimista gracias te amo

  28. Rosa María says:

    Paulo, para mí un maestro es usted. Le estoy tremendamente agradecida por su tiempo dedicado a escribir y ayudar a tantas almas ,la mia es una de ellas..
    Hace años que empecé a leerle y me quedé con una frase del libro “manual del guerrero de la luz”. Al principio aplicaba la frase intentando no rendirme y luchaba por conseguir aquello que me había propuesto.

    hoy mis luchas han cambiado y estoy muy contenta por que jamás me rendí, me tomé mis descansos y regresé más fuerte, cada vez más preparada ……
    Cuando leí su último libro ” Aleph” me emocioné por que sabía perfectamente de lo que usted hablaba, yo también lo estuve experimentando, y siempre supe que había más de lo que simplemente se percibía con los sentidos simples. Gracias por poner las palabras…..sus palabras son inspiradas desde la fuente….¡Gracias Paulo!

    “Un guerrero jamás se rinde”
    Un saludo.

  29. Tutti Rivero says:

    Herru,Santiago!

  30. Rosania says:

    Sr. Paulo,
    Certamente travar o” Bom Combate” de nossa existência é o anceio íntimo de cada um, mas prefiro acreditar que existem diversas maneiras de fazê-lo…
    Pensando na vida de meus avós, que vieram da Espanha ainda jovens e lutaram a vida toda apenas para criar os muitos filhos que tiveram, reinventando a cada amanhecer a melhor maneira de sobreviver a cada infortúnio, rezando para que tivessem apenas o suficiente…
    Mesmo assim, chegando a uma idade muito avançada, com a mesma alegria no olhar dos que foram protagonistas de uma grande história de amor!
    Amor a Pátria perdida e a Pátria que os acolheu, amor aos filhos, aos netos… a vida!

    Sou sua fã e fiquei muito feliz pela sua recuperação.
    Que Deus o abençoe.

  31. ticianne says:

    infelizmente agora estou passando por esta fase e nao sei como sair, estou com medo…

    1. Luana Lourinho says:

      Força querida…
      deixe o “guerreiro” que tem dentro de vc sair para essa batalha… o medo as vezes nos protege de certos perigos, mas em outras nos deixam paralisados e em outras ainda nos leva a reagir e a lutar… então lute… n tenha medo…
      fique em paz

      Luana

  32. marta pinheiro says:

    e depois decidimos morrer…

  33. Valeria Garcia Bastos says:

    Admiro , contemplo suas idéias como aspirante a poeta inspira-me a ser cada vez mais fiel aos meus pensamentos e sentimentos, sem medo de chegar ao mais fundo da alma.

  34. nydia soto says:

    PAULO AMIGO, ME GOZO CON TUS LIBROS, ERES LO MAXIMO, GRACIAS PORQUE ESTAS AHY, PORQUE TUS REFLECIONES ME AYUDAN A CONTINUAR LA RUTA. NYDIA SOTO

  35. nydia soto says:

    paulo ere lo maximo, me gozo con tus libros, mi preferido “en el rio piedras me sente y llore”. te felicito,adelante amigo. nydia

  36. Sônia Vianna Landeo says:

    Já vivenciei essa paz, renunciando a tudo e a todos, e me convencendo ser por amor eu morri por dentro e literalmente meu corpo caiu! E caminhando em direção a uma luz violeta de tão branca, sim, isso mesmo! Então eu ouvia alguém me dizendo sobre duas coisas importantes a fazer, meu pequeno menino e um livro a terminar. A paz que eu senti ao ver essa luz e ouvir essa voz era tamanha, que então descobri que a paz que eu andava sentindo era falsa. Ao acordar desse incidente, então voltei ao caminho dos sonhos. E muitos outros sonhos foram surgindo e então o livro, era minha própria vida que eu precisava escrever; escolher e vivenciar, experimentar a cada escolha e assim escrever mais e mais capítulos da minha história. Estamos assim escrevendo a novela de Deus, cada personagem cuidando de si, cada ser humano escrevendo e vivendo o seu ser. Então, decidimos em sermos ou não, figurantes ou os guerreiros da luz! Adivinhe o que eu escolhi viver?…

  37. Cristhian says:

    Muito interessante o texto, Sr. Paulo, nunca imaginaria que o Bom Combatente seria, os obstáculos de realização e os próprios sonhos em si.

    Penso que por usar a palavra sonho, o texto fica esteticamente romântico, preferiria a palavra objetivos, essa sim conota a grandeza que a alma precisa para se livrar da escuridão da inércia e ignorância, que a maioria dos homens médios se encontram.

    Uma coisa muito lucida e verdadeira foi, tratar as resoluções e lutas com o Bom Combatente, como uma aventura a ser especialmente vivida, pela inexperiência do jovem ou pela ousadia do velho, o que vale a pena mesmo é lutar (me encanta muito tudo isso), como dizem alguns sábios, o que importa é a viajem, o destino é o só um fim.

    Parabéns Sr. Paulo, muito lindo o texto.

  38. Maria Arroyo says:

    Bellisimas palabras inspiradoras y alentadoras a la misma vez.El 2009 un año de dificiles decisiones pero valieron la pena y el 2010 con mas entusiasmo que nunca, decidida a ganar mi mejor batalla y la ganare porque soy bien optimista y sobre todo bien perseverante.

    1. Clara says:

      Perseverança,indulgencia e amor fazem parte do Bom Combate.
      Parar de sonhae é para de viver.Os sonhos não podem morrer.

  39. Cynthia says:

    Um bom escritor é como um deus: ele pode transformar qualquer situação para seu objetivo. Parabéns ao trabalho, muito bem feito, entretanto não concordo e nem gostei da a comparação. Realmente ouve batalhas sangrentas, algo que considero uma deshonra a humanidade. Sonhos não estão na mesma categoria, pelo menos os meus.

  40. erick Avila says:

    eh leido “El demonio y la señorita prym” q” libro pa mas buenoO…
    eres el mejor pauloO.

  41. Sheila Renk says:

    Acho que estou matando os meus sonhos, porque tenho medo de combater, porque não tenho mais a coragem, a juventude, o impulso, mas continuarei tentando. O inicio do ano me dá a força e a vontade. Tenho grandes caminhos para percorrer ainda e não quero a decepção e a derrota como legado da minha covardia.
    Eu preciso caminhar e preciso acreditar! Preciso cometer loucuras e ter sonhos perfumados

  42. Ísis says:

    o “sentido da vida” são os sonhos. :)

  43. Renan says:

    Twitter é uma boa ferramenta para ter um contato mais direto com os leitores. É uma ótima iniciativa, Tnks!
    Existe fórmula para a felicidade e o bem estar? Estar bem com vc mesmo e de alguma forma fazer diferença positiva aqui nessa Terra. Vamos junto nessa Paulo!!!

    Abraço

  44. Mariazinha says:

    Creio que esse início do ano é um bom momento para reler “O Diário de Um Mago”, faz tempo que li a última vez.

    Hj sei que muitas vezes a dor é um sinal de que estamos vivos, e que as certezas, quando desabam,estendem pontes.

    São Paulo, rogai por nós…e nos ajude a sermos grandes lutadores do Bom Combate!

    Um dia iluminado pra vc, Paulo!
    Deus te guie!

  45. alice catarina alvim lopes says:

    Esse foi o único livro seu que li até agora,e tenho a coleção faz um tempão,acho que tudo tem o seu tempo.Foi a que comecei a entender o meu caminho,estou engatinhando é claro,mas vejo com outro olhar a minha vida.Obrigada por ter sido uns dos responsáveis por isso.
    Alice
    P.S:estou lendo agora o Guerreiro da luz,queria até te pedi permissão de colocar alguma coisa no meu twitter.

  46. Jéssica Silveira says:

    belas palavras ..cada vez mais que leio coisas escritas vindas de você mais cresce minha admiração pela inteligência e sua capacidade de nos transferir inspiração para as coisas do mundo afora

  47. Bianca says:

    É incrível como as sensações explicadas são fiéis à realidade, e me sinto privilegiada por ter vencido uma pequena batalha interna e voltar ao bom combate em 2010, realmente os sonhos estavam começando a morrer e não achei justo com a criança dentro de mim que os concebeu.Ela merece o combate.

  48. carmen alice says:

    A cada dia tento ter mais tempo para fazer as coisas que gosto e as que não curto tanto. Assim fico feliz e compenso o mau estar de algumas atividades passando mais tempo com quem amo!

  49. Alexandre Itagiba Cobra says:

    Gosto bastante de o Diario de um Mago, e também do Manual do Guerreiro da Luz.

    Em minha vida houveram 3 pilares que me levaram a combater o bom combate: Um tio amado e distante, Esses dois livros e meu pai. Um pilar ideal, corintio; Outro pilar com inscricoes sobre como construir um pilar; E um pilar caido.
    Agradeco a todos esses pilares.

    A partir desse trino minha espada sempre ficou honrada. Com vitorias e derrotas, mas como disse: o que vale é o bom combate.

    E sigo combatendo, 2009 foi um otimo ano! 2010 o combate vai ser cruel… e bem mais interessante. Divertido!

    (PS:. Nao entendo os acentos neste teclado frances. Desculpe.)

  50. Gracyene says:

    Como tudo o mais de sua autoria que eu já li: inspirador…Foi bom relembrar… já faz um tempo que li esse livro…