Conversa com leitores 29 maio

Comments

  1. Dan says:

    Oi Paulo, preciso conversar com o senhor de alguma forma, sou um estudante e preciso de orientação.

  2. mariana says:

    ola,
    eu pensei em uma coisa simples…
    um video onde os seus leitores pudessem falar da propria experiencia, baseado em seus livros (ou na ideia do seus livros), cada um contando um pouco de si, da forma como adquiriu ou perdeu alguns valores, ou de como os livros melhoraram a maneira de ver o mundo.
    nada vende melhor do que um bom exemplo.

    1. Paulo Coelho says:

      pois eu estava pensando exatamente nisso. Farei os videocasts, com toda certeza

    2. Marie-Christine says:

      Dear Paulo ,
      I always find something interesting on this blog, :)
      I am not sure whether it’s Mariana talking onto the video, I loved listening to the voice and in any case whatever that young person is saying onto the blog regarding values seems pretty valid to me so I decided to translate it.in French and in English..
      With love and thanks
      M Ch

      En francais le texte de
      Mariana
      bonjour
      j’ai pense a quelque chose de simple.
      une video ou les lecteurs peuvent parler de leur propre experience, base sur tes livres (ou sur une idee de tes livres) chacun parlant un peu de soi, de la maniere dont ils ont acquerit ou perdu certaines valeurs, ou comment les livres ont ameliore leur facon de voir le monde.
      rien ne vend mieux qu’un bon exemple.

      In English the text from Mariana
      Hi
      I thought about something really simple.
      A video whereby readers can talk about their own experiences based on your books (or an idea from your books) each one of them talking a bit about themselves, how they acquired or lost some values or how the books have improved their way of seeing the world.
      nothing sells better than a good example.

      Reponse de Paulo
      Eh bien je pensais exactement la meme chose, Faire les videocasts certainement.
      Well I was thinking exactly the same. Do the videocasts for sure.

  3. cristina cabral says:

    Paulo bom ver você, o som estava ótimo. Quanto a idéia, eu só tenho ballet na cabeça. e 14 de julho é aniversário do Theatro Municipal do RJ.
    Estou viajando para Istambul com Joana esta sexta, 8/6 e volto 17/6 com a graça de Deus. Beijos Cristina

  4. AM says:

    Sr. Paulo, li, vi, e a única coisa que não me saiu da cabeça foi que, de algum modo, uma onda efetiva se formará [não será apenas uma comoção literária], e será formada por todo aquele que deseja subsistir, de um modo, ou de outro, até a grande reconstrução. Algo como uma visagem coletiva. Sobreviver e tornar-se um farol. Fale com estas pessoas diretamente. Literariamente seu sucesso será garantido com ou sem divulgação oficial. Vibremos pela melhor solução.

  5. Mari Raphael says:

    Sinceramente eu acho que se o “tema central é a importância dos valores para a Alma”, o espírito sente necessidade de acompanhar. Pode ser besteira mas valores Paulo, vc. é Brasileiro e têm milhares de pessoas que admiram suas histórias, sempre intensas de vários universos. Desculpa-me a franqueza mas acho que as vezes vc. se importa com o que não têm importância ou seja o lance das entrevistas, vc. não é obrigado a falar sobre aquilo que vc. não quer falar. Fale somente o que está no seu coração sobre o livro, que é o que vc. quer e te faz bem naquela hora. Mas se vc. quiser falar de vc. fale. Então melhor escolher – porque vc. pode- pra quem vc. quer dar entrevista.
    O que quero dizer é que se o seu coração ( que é sua Alma) deseja que vc. faça o lençamento de seu livro no Brasil, seria bacana.

  6. Leandro Moreira says:

    Brainstorm rápido

    –núcleo
    livro, manuscrito, egito, accra, sociedade, valores perdidos

    –tangênciais
    lançamento, internet, paulo coelho, marketing, facebook, twitter, youtube, google+, distribuição, tradução, amostra grátis, leitura rápida

    –subliminares
    egito, alquimista, experiência, sucesso,

    Principais possibilidades & ideias soltas

    Pensando em seu público (que varia de uma adolecente a uma anciã):

    O novo está mais em busca de livros de aventura, romance mas também adoram sua profundidade em temas da alma. (vender a ideia de ser uma aventura, talvez)
    O público antigo busca espiritualidade e auto-conhecimento, esse parece que será o mais “atingido” por esse novo livro.

    Um off-topic aqui: algo que tenho notando nos novos livros é que, os mesmos têm margens a direita e esquerda (onde os dedos ficam) BEM maiores, o que facilita a leitura, se der pense sobre isso.

    Bem, voltando a realidade de hoje, lembro que o best-seller do momento são os livros da trilogia Fifty Shades (romance, conteporâneo, 382 páginas), bem diferente da proposta de seu livro. Todavia isso não signfica nada, até porque o best-seller de ontem era diferente, e sendo sincero vejo sim seu novo livro como um best-seller rápido.

    Ideias básicas

    Prover experiência entre os leitores (blog para canal direto, você já faz isso, ótimo)
    Promover meses antes seu livro de todas as formas (promoção entre twitter, pessoas do facebook…) nesse momento é importante falarem do livro e tema.
    Instigar as pessoas a notarem que alguns de seus valores estão perdidos e não se dão conta de tal fato. (gerar movimento em volta do tema)
    Lembrar que valores devem ser buscados diariamente (honestidade, criticidade, bondade, ….) e que senão fizermos isso, eles se vão se perdendo.

    Ideias inocentes

    Um site exclusivo para o livro com mini jogo explorando a ideia da “guerra” as vespera e ao mesmo tempo mostrando frases sobre os valores, claro penso que tal ideia é muito “infantil” … só funcionaria se fosse outro tema. Mas essa mesma ideia me deu uma ideia de arte, seu livro pode ter (NÃO SER) algo parecido https://www.google.com/search?tbm=isch&q=age+empires+egypt

    Marketing

    Pensando nos pontos altos no marketing já conhecidos

    Try to turn negatives into positives. (quais pontos negativos????)
    Placing your product in the right media vehicle can boost sales. (tanto na Internet quanto na TV, mesmo que seja menor a participação)
    Create engaging characters in your online video to help grow an audience that’s receptive to your brand. (no seu caso, o “personagem” poderá ser seus leitores)

    Enfim criar esse sentimento (já iniciado com seus dois vídeos) núcleo do livro para que nós leitores falemos dos valores/livro/você. Fazer barulho é necessário nesse momento.

    Pensamentos finais

    Não acredito em uma só frente para divulgar seu livro. Não há como descartar a Internet e também não há como esquecer a mídia comum: jornais, revistas e programas televisivos, ainda há leitores seus lá. Por mais que não haja muito valor nas entrevistas (que se concentram no mito Paulo e não no seu novo livro), elas são boas pra dizer OLHA, O PAULO ESTÁ AÍ alive and kicking.

    PS: não repare o formato muito rígido, acredito que não há muita coisa nova em todo esse texto (mal) estruturado em forma de ideias (inocentes) para promoção de sua obra.

    Ideias efetivas para alguém com sucesso são mais complexas… pensando logicamente, 90% de gastos com marketing, no seu caso, é meio inútil, você já tem uma marca (seu nome) pronta.
    Acho que o que tem a ser feito é falar e falar e escrever, fazer twitcam, instigar os leitores a assuntos especificos, vídeos… Enfim fazer muito barulho até o lançamento do mesmo.